DICAS DE UM SUB DOMÉSTICO

 

img_1924

 

Olá, queridos leitores, em especial você, submisso, que quer agradar seu DONO.  Quando a gente fala de Dominação e submissão, na maioria das vezes, pensamos nas práticas que vão desde a dominação psicológica às práticas como spank, nipple, dog etc.

Sou o Moreno Servidão, escravo fixo número 3 do SENHOR Dom Barbudo.  Sou adepto a diversas práticas no BDSM, porém uma das formas mais presentes para servir ao meu DONO é a de escravo doméstico.  Moro, limpo e venero a masmorra de meu DONO. Mantê-la limpa, higienizada e pronta para o uso é condição para minha permanência lá e pela permanência da coleira em meu pescoço.

É de minha responsabilidade fazer a higienização dos acessórios, das roupas de meu DONO e pela arrumação antes e depois das sessões.

E não pensem que depois de arrumar  tenho folga, não. Sou também o garçom e o cozinheiro para todas as atividades organizadas por ELE.

Darei dicas a vocês de como manter uma masmorra limpa e cheirosa e você, escravo vai poder fazer a alegria de seu DOMINADOR. E se você seguir essas dicas vai fazer seu DONO nunca soltar a guia de sua coleira.

 – Tudo começa pelas arrumações. Quando acordo, a primeira coisa que faço é arrumar a cama. Fala sério, alguém consegue ficar numa cama desarrumada? Mesmo quando não pretende sair de casa, arrumar a cama renova a energia. Não importa de você vai se deitar novamente.

 

– Mesmo que pareça que os armários sejam poucos para guardar as coisas que estão fora, se você organizar tudo com cuidado verá que sempre sobrará um espaço. A menos que alguém seja um acumulador (risos), o que não é o caso de meu DONO. Antes de guardar, consulto-o para saber se é uma boa possibilidade pela questão de praticidade essa arrumação. Se não for, ELE vai desfazer e minha obrigação é arrumar novamente, pois o que interessa é a satisfação DELE. Lembre-se de que bagunça não faz parte da decoração. Nem ouso deixá-lo ver bagunça.

– A gente sabe que pó junta a todo tempo, por isso amenizar a situação e não deixar acumular é muito importante. Antes de tirar o pó dos móveis, passe a vassoura. Desta forma, o pó que subir vai poder ser extraído em uma única vez. Sempre com um pano limpo e úmido bem torcido. Se usar aspirador de pó não precisa seguir a ordem das tarefas acima.  E se a poeira está encrostada? Aplique um pouquinho de removedor e deixe agir por uns 15 minutos. Remova com pano úmido bem torcido e depois lustre com um pano seco. Vai ficar brilhando. Se não gosta do cheiro do removedor, já existem no mercado alguns com essência de lavanda. Essas dicas valem para todas as superfícies com pó (armários, lustres, geladeira, fogão etc).

– Sabe o que me mata? Banheiro e louça sujos.  Aí você me fala: Moreno, lavo a louça e o copo fica com cheiro de ovo. Vai mais uma dica. Água abundante com jatos fortes para retirar o excesso de sabão tira o cheiro de ovo. Não adianta ensaboar mais que o cheiro não vai sair. Água. Para as panelas com manchas de comida difíceis de sair, água fervida com detergente. Pode ferver essa mistura no utensílio a ser lavado. Vai sair com mais facilidade. Palha de aço é importante para arear as panelas. A bucha deve ser trocada tão logo perceba que ela está perdendo o aspecto áspero e ela acumula muita bactéria. Não use por muito tempo. Lave sempre a pia e uma vez por semana deixe-a de molho com detergente e cândida.   No vaso sanitário inicie com uma mistura de água sanitária e são em pó ou detergente. Deixe de molho por, ao menos, 30 minutos. Depois é só esfregar e enxaguar. Dilua pouca quantidade de lisoform em um pouco de água e passe com um pano para desinfetar mais ainda o restante jogue na água do vaso e deixe até a próxima descarga. Essa mesma mistura pode ser usada para limpar a pia do banheiro. Para os vidros misture uns 6 dedos de álcool para 2 dedos de removedor de lavanda. Vale para todos os vidros.

– Para azulejos faça a mesma mistura que falei anteriormente para limpar o pó encrostado e novamente espalhe com pano úmido e lustre no sentido horário com força para brilhar. Se for azulejo de banheiro com aspecto amarelado, misture meia garrafa de água sanitária com 1 pacote pequeno de bicarbonato e complete a garrafa com água. Agite bem para mistura. Coloque num borrifador bem grande para não entupir e borrife nos azulejos. Deixe de molho por umas 2 horas. Depois é só esfregar. Repita com frequência e verá seus azulejos branquíssimos.

– Agora vamos limpar o chão da masmorra? É mancha de copo de refrigerante, café, porra e tudo mais que pode acontecer de sujar. Para isso detergente e um pouquinho e água. Esfregar a superfície com uma vassoura de piaçava e puxar com rodo. Fazer em pequenos espaços até completar o cômodo e assim por diante até completar a masmorra toda.  Aí é hora de tirar o excesso de sabão que ficou. Somente água e pano lavado, sem excesso de sabão. Terminada essa fase, hora de perfumar o ambiente. Para 1 litro de água eu misturo 2 tampinhas de álcool e a mesma medida de Confort. Aí é só passar o pano úmido sem exageros e deixar a masmorra cheirosa. No chão do banheiro pode passar pano com água e lisoform.

– Na hora de lavar as roupas sempre separe as coloridas das brancas. Toalhas sempre lavadas à parte. Eu uso sabão líquido e no compartimento de sabão coloque meia tampinha de lisoform. Coloco bastante confort no compartimento. Eu encho mesmo. E sobre a roupa coloco uma colher de sobremesa de sal quando for toalha. Além de manter a cor com o sal, as bactérias são exterminadas com o lisoform e as toalhas nunca mais terão cheiro de toalhas sujas. Quem vai à masmorra pode comprovar isso. Antes de estender as toalhas, dê uma batida no ar. Faz a diferença.

– Tudo isso é feito com luvas para proteção da pele. Bom ar ajuda a manter o bom cheiro do espaço.

Parece demais, mas saber que uma diarista não se faz necessária e que meu DONO fica feliz, eu sinto a maior satisfação.

Gosto de cozinhar o que ELE exigir. Se não sei, vou atrás de receita e me viro, mas a comida tem de sair muito boa, afinal é para ELE, né, gente?

Quer ver meu DONO salivar? Torta fria de atum com molho de hamburgueria caseiro e mousse de limão. Bebida? A mais nova batizada “Caprichosíssima”, uma mistura de limão, água com gás, gelo e adoçante.  E não basta apenas cozinhar, é preciso saber servir. Nos pratos, copos e talheres que ELE escolher e sempre em reverência. Servir de joelhos a ELE e todos os DOMINADORES que estiverem presentes, além dos subs, aos quais não reverencio, mas respeito porque sempre criamos vínculos de amizade. Sou um escravo carinhoso e gosto de passar isso para todos ao meu redor.

Ah!!! Para minha tarefa de garçom tenho um lindo uniforme, assim como para faxinar. Meu DONO é detalhista e sabe me colocar bem no meu lugar.

Façam isso e tenham certeza de que seu DOM ficará muito feliz como meu DONO. E ele manda um recado para que não tente me conquistar porque meu pescoço já tem DONO.

Espero que tenha ajudado a vocês que almejam servir completamente ao seu DOMINADOR. Tenham certeza de que serão recompensados e a maior recompensa será a satisfação de seu DONO.  Quando quiserem receitas e dicas, contem comigo. Claro que com a autorização DELE.

Até a próxima.

Moreno Servidão- escravo 3 do Dom Barbudo.

 

Próximo tópico http://www.brennofurrier.com/dicas-primeiros-socorros/

LiveZilla Live Chat Software